Só ficou a canção!

Acho que de todas as canções me resta uma. 
Uma que me faz lembrar o sorriso que vc tinha. 
Uma que me faz querer retornar a cada passado pela manhã.
É aquela canção lembra? Eu disse que sempre me faria lembrar você.
E faz!
Você tem que saber que fez eu viver no limite de mim mesma. 
Você precisa entender que cada página do livro que eu escrevi, cada frase, era pensando em seus olhos grandes. 
ah! Aqueles grandes olhos capazes de me fazer ir a marte e voltar. Eu me via lá dentro dos seus olhos.
Mais quando você partiu, quando você se retirou da minha presença, então eu fiquei só de novo.
E eu fui calculando cada passo que eu dava! Cada passo meu , era só uma urgência pra ver se eu chegava até você.
Mais você vive longe e até disso eu fui capaz de me esquecer. Então se você me explicasse um milhão de vezes eu continuaria odiando o fato de eu ficar com aquela insuportável música dentro do coração.
Porque quando eu a ouço tocar, vem do nada. Daí eu penso que você vai voltar. 
É só uma realidade absurda que eu criei pra viver melhor. Por que sem você aqui nada fica colorido como antes.
Existe sempre aquela fagulha no peito, meu amor!
E você obviamente nunca vai entender o que eu sinto!
Não! 
Sua vontade era não me fazer sofrer? Tenho que te dizer não tá funcionando!



2 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.