Eu estava cantando só pra dor  ir embora...
Já que a dor já era parte de mim...

Sou um fiozinho de medo misturado com o calor do sol que queima minha pele, sou um gotejar de orvalho daquela madrugada  que estavamos juntos e nada mais importava além de nós dois...
Por que eu ainda continuo naquele bosque, sentanda, esperando você voltar.
É verdade eu nunca mais escrevi nada aqui.
Correria, Trabalho... Namoro... e percebi que havia parado de cuidar da coisa que eu mais gosto.
 
E percebi que essas coisas são parte de mim, parte do que sinto todos os dias pela manhã. Também passei um tempo lutando por algo mais... Algo que me faz falta.
Algo como as coisas simples que componhem a vida.

Algo como me sentir feliz só por que estive a beira do mar. Por que eu continuo olhando a vida com os olhos esperançosos de um criança.


Feliz dia dos amigos de verdade.
Sinto saudade de estar com vocês.
Tecnologia do Blogger.