Mesmo com a distância existe amor.

Que você me permita sorrir dos nossos tombos e pecados. E que você sempre lembre de mim antes de dormir.
Meu amor, que você me permita ficar calada quando eu precisar. E que me permita gritar quando eu tiver voz o suficiente. Só não saia de perto de mim. Só não me deixe encarar a vida sozinha.
Só deite no meu amor todas as noites, Deite no meu amor mesmo quando nossa manhã não tiver sido a melhor. Nós sabemos mais do que ninguém que alguns dias vão ser ruins. Que os dias de chuva vão chegar junto com a melancolia de estarmos separados. - Então só prometa. Prometa me amar!
Prometa que mesmo longe ou perto você ainda vai olhar pra mim com esses olhos, Com esse sorriso tímido, com essa paixão que eu vejo. E que esse fogo não acabe. Nem a magia. Nem qualquer descoberta que eu fiz só por você me fazer acreditar em algumas coisas que antes eu achava impossível.
E se existir saudade? Eu mato. Se existir distância? Eu acabo com ela. Eu vou pra onde for se eu souber que você vai estar me esperando do outro lado!-
Sabe quando dizem que a vida é mais feliz e encantada quando você se apaixona. Eu não sabia disso até conhecer você.




1 comentários:

  • Mayra Borges | 20 de setembro de 2013 09:30

    Foi como ler um pedacinho de mim agora. Adorável, arriscado, apaixonante, essas pessoas certas e esse quilômetros errados, mas nada que a paciência não ajude.

    Beijos.
    eraoutravezamor.blogspot.com

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.