Amar e deixar nas mãos do outro a alma caída, duída... Deixar sua vasta felicidade, por alguns meses ou anos, com alguém , que vc sabe que um dia pode te magoar.
É assim que alguns amores vão passando pelas nossas vidas, como cartas, maltratadas pelo tempo, como dores permanentes, como amores... Só amores.
E tudo se torna comtemplador, só pelo olhar daquele alguém... 
São paixãos, aquelas que tiram o fôlego, que te deixam maluca... Que te faz lembrar dos dias de criança.
Por que amar tem lá suas advesidades, Não sifgnifica que amar é ter rosas todos os dias. As vezes também é ter  espinhos, Mais se o amor for verdadeiro... Os espinhos seram apenas degraus.

-Prometi a miim mesma, que alguém só vai entrar na minha vida , se for pra me fazer viver de amor, Chega de morrer.

6 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.